Diário de Ourinhos

envie sua pautahoroscopo

Notícias

O rei do medo

Juan Espeche é fundador da empresa Indiana Mistery, Castelo dos Horrores do Playcenter, Katakumb do Hopi Hari e Castelo do Terror no Beto Carrero

publicado em 29/11/2012 enviar para um amigoComentarImprimir notícia

Castelo do Terror é uma das atrações criadas por Juan Espeche no Brasil

O empresário Brandt Patrima da BRM Celebration esteve com um de seus grandes amigos do ramo de parques e atrações turísticas, Juan Espeche que concedeu uma entrevista muito bacana.

Juan Espeche , é argentino e tem 47 anos. É sócio fundador da empresa Indiana Mystery que atua há 18 anos no Brasil. Criador das atrações Castelo dos Horrores do Playcenter, Katakumb do Hopi Hari e Castelo do Terror no Beto Carrero World dentre mais de 50 atrações temáticas desenvolvidas no Brasil e no Mundo. Mora no Brasil desde 1995.

Brandt Patrima: Juan conte nos um pouco da história da Indiana Mystery.

Juan Espeche - Tudo começou quando tive a oportunidade de participar como ator da inauguração da primeira atração de terror para parques de diversões na Europa, Espanha em 1989, no parque de Atracciones de Madrid.

Imediatamente me identifiquei com o negocio e todas suas características, arquitetura, engenharia, cenografia, som, e fundamentalmente o desenvolvimento artístico com atores ao vivo.

Depois de um tempo de participar de atrações de Terror na Europa fui procurado por um amigo do Brasil para apresentar uma proposta ao Playcenter. Em 1994 nasceu Indiana Mystery e o Castelo dos Horrores.

Por que da escolha desse nome para a empresa?

- Devo confessar que o inicio no Brasil foi uma grande aventura. Não conhecia o idioma, a moeda “o Real” acabava de chegar e o histórico de instabilidade econômica ainda era assustador, os orçamentos eram feitos em dólares.

Decidi enquadrar a empresa no conceito aventura “Indiana”, um pouco pela aventura que estava vivenciando no Brasil e também para abrir o leque de possibilidades de atrações.

Para vincular a empresa diretamente com seu principal negocio na época (Castelo dos Horrores) encontrei na palavra “Mystery” a oportunidade expressiva de fazer parte do mundo do terror ou horror sem necessidade de mencionar estas duas palavras. A empresa ficou desta forma com um conceito de aventura e mistério para suas produções e com um nome de abrangência internacional.

Qual foi o projeto mais emocionante pra você até hoje?

- Sem dúvida o “Katakumb” foi a obra mais emocionante de todas. O Katakumb foi desenvolvido e construído com total espiritualidade, com um profissionalismo fora de serie. Esta atração me permitiu conhecer Egito e aprender muito sobre esta maravilhosa civilização. Foi um passo enorme para Indiana Mystery e para todos os profissionais que faziam parte da empresa naquela época. Para mim foi um compromisso moral muito grande com a história e com o público. www.katakumb.com.br

Conte nos alguma situação inusitada já vivida por você e pela equipe da Indiana durante todo esse tempo

- Ao pouco tempo de começar a operar o Castelo dos Horrores no Playcenter SP, começamos a construir um novo Castelo num parque que Playcenter tinha na cidade de Recife. Eu ainda tinha um sotaque bem carregado e numa cidade menor era muito mais fácil de me identificar.

Uma das primeiras compras que decidi fazer foi a dos caixões (féretros). Pesquisei em algumas lojas que se encontravam todas na mesma rua e sem dar muitas explicações comprei 12 caixões de diferentes tamanhos e modelos. Solicitei ao vendedor que separe a mercadoria para ser retirada no mesmo dia e enviei um carreto para coletar o material.

Depois fiquei sabendo que o vendedor dos caixões comentou o fato com outras pessoas e chegaram a conclusão de que tinha chegado um mafioso Argentino na cidade que matava as pessoas e enviava o caixão de presente para as famílias.

Bastante bizarro, mas real. Isto ficou numa das páginas da historia da Indiana Mystery.

- Fale um pouco sobre a nova atração de vocês O Castelo do terror – O Casarão no parque Guanabara em Belo horizonte.

- Depois de quase 10 anos de namoro entre Indiana e o Parque Guanabara para desenvolver uma atração de Terror em BH, finalmente chegou este momento muito esperado pelas partes.

O parque Guanabara é hoje um exemplo de operação, com mais de 60 anos de historia e uma trajetória brilhante.

Sempre foi difícil encontrar o local (espaço) apropriado para montar a atração. Desta vez surgiu a possibilidade de utilizar parte de um restaurante e imediatamente desenvolvemos um projeto adaptado a estética local “O Casarão”.

Decidi colocar os personagens mais tradicionais da Indiana em ordem cronológico do passado ao presente, Do altar do Mestre milenário ao decadente e contemporâneo necrotério.

A atração tem inúmeros detalhes cenográficos, cenários de altíssima qualidade, tecnologia nos efeitos e um labirinto muito bem pensado.

Não tínhamos trabalhado antes esta estética de Casarão de madeira velho e interditado. A inauguração no sábado 24/11/2012 foi um dos maiores sucessos já vivenciados pela Indiana. A fila para entrar não parou nem um minuto desde as 14h até às 23h30. A resposta do público superou todas as expectativas. Hoje sem sombra de dúvidas o “Castelo do Terror” O Casarão, é a melhor atração de Terror de América Latina.

- Para quem quiser conhecer melhor a Indiana onde as pessoas podem achá-los?

- No site www.indianamystery.com.br

 enviar para um amigoComentarImprimir notícia

Diário de Ourinhos